O melhor horário para o exercício e a qualidade do sono

Quando se trata de dormir e exercício físico o consenso é o seguinte: o suor arduamente conquistado é um elemento importante para obter uma boa noite de sono. Quando se trata do período do treino, o assunto fica um pouco mais complicado.

Quando você dorme à noite, sua pressão arterial diminui naturalmente em cerca de 10 a 20 por cento. Essa redução é benéfica para o seu coração, e pode ser uma maneira que seu corpo se restaura enquanto você dorme. Algumas pessoas com apneia do sono não experimentam esta queda noturna na pressão arterial e, em geral, este fato associa-se à menor qualidade do sono. Uma sessão de treino de manhã cedo pode fornecer a redução da pressão arterial ideal, bem como maximizar o sono profundo, em comparação aos treinos do meio-dia ou à noite.

Levantar pesos em diferentes momentos do dia não parece afetar a pressão arterial noturna ou a quantidade de tempo gasto em diferentes estágios do sono. Mas há algumas diferenças importantes. Aqueles que “puxam ferro” no período matutino tendem a adormecer mais rápido do que aqueles que o fazem mais tarde no dia. E aqueles que preferem fazer o “bench press” ou “biceps curl” à noite acordam com menos frequência durante a noite e dormem melhor em geral, em comparação aos indivíduos que malham no início do dia. Adeque os pesos sempre de acordo com o período do dia, e seu sono responderá melhor com tal medida.

Um treino completo torna cada vez mais distante a rotina necessária para um momento de dormir mais tranquilo. Aumenta a temperatura do corpo, acelera o ritmo cardíaco e estimula o sistema nervoso. Atividade física intensa muito próxima do horário de deitar-se, para algumas pessoas pode levar à interrupção do sono mas, para outras, mesmo um vigoroso exercício apenas duas horas antes de deitar-se, não tem efeitos negativos sobre o sono. Qual a lógica desse raciocínio? Um treino noturno poderia aumentar a temperatura corporal de forma semelhante a um banho quente. Assim como o corpo se resfria após o banho, o que faz você se sentir sonolento, o resfriamento pós-treino também pode ajudar a definir o cenário para o sono. Experimente os exercícios em diferentes momentos do dia, acompanhe os padrões de sono em cada rotina e veja em qual situação você se enquadra.

Pode parecer óbvio, mas dormir tarde demais produz uma tendência em diminuir o tempo de exercício no dia seguinte. Para cada hora a menos de sono antes das 07:30, há uma queda significativa na atividade física e, ser menos ativo significa um sono pior na próxima noite, um ciclo negativo. Essa é mais uma razão para se comprometer com um horário regular para dormir, que lhe permita obter o sono que você precisa, e levantar-se energizado para trabalhar no dia seguinte.

Referência:

National Sleep Foundation

“The best time of the day to exercise for quality zzz’s”